Dogalmar - Dogues Alemães

Resumo histórico

Consideram-se como antepassados do actual Grand Danois o antigo "Bullenbeisser" assim como os "Hatz und Saurüden" (cães de caça ao javali) que se situavam entre os poderosos mastim inglês e um lebrel ágil e rápido. O termo "Dogue" foi-lhes aplicado por serem cães grandes e fortes que não pertenciam necessariamente a una raça em particular. Mais tarde, foram utilizados nomes especiais tais como "Ulmer dogue", "Dogue Inglês", "Cão Danês", "Hatzrude", "Saupacker" e "Gran Cão", definindo diferentes tipos de cão de acordo com a côr e tamanho. No ano de 1878 foi criada em Berlim una comissão composta por sete membros, que eram criadores activos e juízes sob a presidência do Dr. Bodinus, que tomou a decisão de reunir todas as variedades mencionadas no conceito "Deutsche Doggen" (Dogue Alemão). 
Desta forma gerou-se uma base para criar una raça alemã independente. No ano de 1880, durante uma exposição decorrida em Berlim, foi estabelecido o primeiro estalão para o Dogue Alemão. Este foi controlado pelo "Deutscher Doggen-Club 1888 e.V" e alterado algumas ao longo dos anos. A versão actual do Estalão da Raça, define o modelo da FCI.